Tuesday, September 05, 2006

Don't waste your time

Certas pessoas perderiam bem menos tempo se entendessem como nós ISTJs funcionamos. Não que eu ache o mbti perfeito, mas de um modo geral, it's pretty accurate.

Especialmente essas partes:
"The ISTJ will work for long periods of time and put tremendous amounts of energy into doing any task which they see as important to fulfilling a goal. However, they will resist putting energy into things which don't make sense to them, or for which they can't see a practical application.

The ISTJ has little use for theory or abstract thinking, unless the practical application is clear.

ISTJs have tremendous respect for facts. They hold a tremendous store of facts within themselves, which they have gathered through their Sensing preference. They may have difficulty understanding a theory or idea which is different from their own perspective. However, if they are shown the importance or relevance of the idea to someone who they respect or care about, the idea becomes a fact, which the ISTJ will internalize and support. Once the ISTJ supports a cause or idea, he or she will stop at no lengths to ensure that they are doing their duty of giving support where support is needed."


Resumindo: Don't waste your time folks.

12 comments:

Cláudio said...

Eu achei esse método espetacular. Tive contato com ele alguns anos atrás num curso de comunicação realizado aqui na empresa e achei bem interessante a ponto de comprar alguns livros sobre o assunto. Quando você consegue identificar o seu tipo de personalidade, pode direcionar as coisas para obter maior rendimento no seu dia a dia e, como você disse, não perder tempo com coisas que não vão surtir efeito nenhum.

Andrei Formiga said...

MBTI é meio que um horóscopo moderno, só que ao invés de 12 signos são 16 tipos de personalidade. Mas o efeito Forer é o mesmo.

Paulo said...

Andrei,
E ao inves de usar a posicao das estrelas usa uma avaliacao da sua personalidade. Acho isso uma diferenca um tanto grande, nao acha?

[]s

Andrei Formiga said...

É alguma diferença, sem dúvida. O que não dá pra saber é se é realmente mais confiável, ou se apenas tem uma aparência de ser algo científico, suprindo assim a necessidade psicológica dos mais céticos por algum horóscopo. Afinal, nós não somos exatamente imparciais quando fazemos avaliações de nós mesmos...

hermenauta said...

Eu fiz isso em 2000 nos EUA.

Pra mim é puro "cold reading". A diferença disso pro horóscopo é que o cold reading está no input e não no output: a maioria das pessoas responde às baterias de perguntas segundo aquilo que imagina ser o certo, ou sua idealização de personalidade, e não o que realmente é.

Paulo said...

Bom, mas logico que vc responde o que acha que eh certo... That is the point, nao eh mesmo?

A nao ser que vc nao aceite que we are what we do.

Btw, vc pode ate mesmo fazer um teste desses online:
http://similarminds.com/

Andrei Formiga said...

Eu já fiz, umas três vezes. Duas deram INTP, a outra mudou uma letra mas eu não lembro qual. A princípio eu achei interessante, mas depois a semelhança com a astrologia me deixou curioso.

Você pode acreditar no teste, mas é só isso, uma crença. Não há comprovação científica, e embora seja uma comparação simplificada, nisso aí é como se fosse astrologia.

Concordando com o smart, pra mim é cold reading + efeito Forer, que são os mesmos componentes que fazem tanta gente acreditar em horóscopos, videntes e quetais.

hermenauta said...

O fato de você responder o que acha certo não significa que você esteja informando o que você realmente faria quando confrontado com situação similar IRL.

Paulo said...

Ok, eh que no caso desse teste o workaround eh que as perguntas nao implicam certo e errado, e sim gostos pessoais (bondade vs logica, sociavel vs solitute, etc)

Eu concordo com vcs que nao eh algo que se possa comprovar cientificamente. Mas ate ai, psicologia eh basicamente subjetivo.

[]s

hermenauta said...

A wikipedia tem um bom apanhado sobre a abordagem cética ao MTBI:

http://en.wikipedia.org/wiki/Myers-Briggs_Type_Indicator#Criticisms_and_skeptical_view

hermenauta said...

Eis um bom apanhado sobre a abordagem cética ao MTBI:

http://en.wikipedia.org/wiki/Myers-Briggs_Type_Indicator#Criticisms_and_skeptical_view

Cláudio said...

Paulo, você acertou no ponto: é tão científico quanto a psicologia. Se você for num psicólogo e contar um monte de estórinha fiada o cara vai te orientar com os dados que ele tiver: ou seja ERRADO.

O MBTI é uma aplicação prática do estudo personalidades de Jung. Claro, como tudo que depende de auto-avaliação é subjetivo, mas o propósito dele é mais voltado para orientar métodos de treinamento e desenvolvimento pessoal. Não é para ver como será sua vida daqui a uns 10 anos.