Thursday, May 25, 2006

Ajudem um exilado ignorante

Preciso da ajuda de vocês.

Não estou sendo irônico, nem querendo criar polêmicas do nada. Mas eu preciso entender como, depois de tudo que aconteceu, o Lula vai ser reeleito.

Please, quem for comecar com a história de que eu não sou democrático, que o Bush é pior, e que o Corinthians não ganha de times argentinos não precisa responder.

Eu quero entender de verdade qual é a lógica desses milhões de pessoas que ainda preferem votar no Lula.

É porque eles acreditam que ele era o único honesto num grupo de corruptos? Ou é porque eles acham que a situação do pais está melhor do que na era FHC? Pura ideologia? Masoquismo?

Da onde vem esse poder, esse força politica e popular que faz uma crise muito pior do que a do Collor parecer brincadeira?

I must be missing something.

65 comments:

Cisco said...

O que tu não está vendo é: a propaganda eleitoral ainda não apareceu na TV, o Alckmin ainda é pouco conhecido. A malta, a ralé, a turba, a gentinha não tem ainda consciência das opções. Espera um pouco e os números do Lula baixam. Ele ainda pode ser reeleito, mas esses números atuais não significam praticamente nada.

Roger Moreira said...

Lógica, Paulo? Você está procurando lógica no Brasil?!

Okay, você pediu, eu explico:

A grande massa* não tem capacidade cognitiva mínima para entender o que se passa ao seu redor. Pior, eles não tem capacidade nem pra perceber que algo se passa ao seu redor, entendendo ou não.

No Brasil existe um único critério a ser considerado na hora de votar: simpatia ou antipatia com o candidato. Como ninguém entende mesmo o que diabos está acontecendo ou do quê aquele povo todo está falando nas campanhas, o voto é por afetos irracionais e subjetividades mil.

*pra usar uma expressão que o povo gosta de ouvir.

Cláudio said...

Paulo, não tente enteder essas coisas. Discordo dos comentários anteriores. A massa sempre esteve aí e Lula sempre perdeu. De uma hora para outra ele virou o Santo. É isto que precisamos descobrir. Muita gente que de massa não tem nada votou no Lula. Muitos estes são incrivelmente ignorantes em assuntos, como economia por exemplo, mas apenas expressam essa ignorância de uma forma mais correta.

Toscoman said...

É puro conluio!
Saca só: não é que o povo não saiba dos escândalos, ou não se importe com eles, ou sejam absolutamente ignorantes em política. Não. É interesse puro. A grande massa popular é conivente com a corrupção do governo por um único e simples motivo: esmola. O assistencialismo promovido pelo atual governo, com suas “bolsas-esmola”, é sem precedentes; Lula conseguiu executar em nível nacional a política do curral eleitoral. O povão então, muito convenientemente, faz um trato não verbalizado com o governo: “eu faço de conta que não vi porra nenhuma, e tu continua me dando esse troquinho, e ficamos assim!”. O caráter popular é o mesmo dos políticos, não existem muitas diferenças – ninguém se torna corrupto quando entra pra política, já chega lá corrompido pelo “jeitinho brasileiro”.
Que tal te parece?

smart shade of blue said...

O Lula alterou o perfil do gasto público de forma a beneficiar as classes C, D e E. Que por acaso formam a maior parte do eleitorado.

Não há nenhum problema, em um governo democrático, em que um governo eleito procure satisfazer sua base de apoio, principalmente no caso de reeleições. Só governos ditatoriais não precisam prestar contas ao seu eleitorado.

A real discussão é saber se o governo atual está ou não deitando as bases para que o país experimente crescimento econômico continuado. Certamente o bolsa-família, apesar de ser um atenuante da miséria, não tem a mais remota possibilidade de atingir este objetivo sozinho - embora possa viabilizar o caminho para um governo que tenha os instrumentos necessários para atingi-lo.

A pergunta é, o governo atual está perseguindo este objetivo ?

Marcos Matamoros said...

Paulo,
Eu também tenho dificuldade em entender. Fico chocado. Mas acho que a explicação está na economia, principalmente na situação econômica dos mais pobres. Para quem é pobre ou extremamente pobre, a vida melhorou pelo menos em relação ao fim do governo FHC. O salário mínimo aumentou de R$ 200 para R$ 350; o Bolsa Família atinge 8,8 milhões de famílias. Para esses neguinhos, melhorou. A PNAD de 2004 mostrou redução da desigualdade e da pobreza.
Acho que aumentar fortemente o salário mínimo é populismo, além de não ser a melhor para reduzir a desigualdade, como não cansa de repetir o Ricardo Paes de Barros, do Ipea, mas a questão é que velho pobre vota e criança extremamente pobre não vota.
Quanto à questão da crise política, o desempenho da economia também ajuda a explicar por que as denúncias pouco afetam o desempenho do Guia Genial. e foram fatais para o Collor. Em 1992, o ano do impeachment de Collor, o PIB caiu 0,54%, isso depois de ter crescido apenas 1,03% em 1991 e ter despencado caído 4,35% em 1990. O país cresce pouco com o Lula, mas deve terminar 2006 com uma expansão do PIB de 3,5% a 4%. O crescimento médio dos três anos anteriores é de 2,6%, baixo, mas puxado para baixo em grande parte pelo 0,5% de 2003, que já está mais distante na cabeça das pessoas.
Mesmo assim, a crise é pesada. Derrubou a cúpula do partido e os dois ministros mais fortes do governo. Fica difícil atribuir apenas ao desempenho da economia o fato de a crise não ter impacto mais significativo sobre Lula. Uma possível explicação é que há uma lassidão moral no país nada desprezível, que aceita comportamentos antiéticos sem grandes problemas. Enfim, não sei se você tinha feito sua pergunta foi retórica ou não, mas decidi respondê-la a sério. Acho lamentável que o Lula seja reeleito, o que provavelmente vai ajudar ainda mais em nossa marcha para o atraso, mas as pessoas estão desprezando a importância da economia para entender esse quadro, principalmente a melhora da situação dos pobres e extremamente pobres
Um abraço,
Marcos

Bruno Chiarelli said...

1- O Alckmin é fraco e o PSDB prefere perder agora, para emplacar o Beócio Neves em 2010;

2- O Lula ainda é visto como a prova viva de que estudo não é importante, o povo o separa do seu governo e o Nordeste inteiro se identifica com ele (78% de aprovação no Maranhão, etc);

3- Eleição não interessa ainda. O povo quer mesmo é saber se o Ronaldinho Gaúcho vai dar uma dentada na bola e outra no caneco.

4- A classe mérdia é contra o PSDB, que tentou privatizar as universidades e mexer no bolso das pessoas. Pra você ter uma idéia, quem lidera as pesquisas na zona sul do Rio é a Heloísa Helena...

Bruno Chiarelli said...

Pra corroborar o item 2: o que ouço nas ruas é que os culpados são o Zé Dirrrceu, o Carequinha e o Delúbio "erro de concordância" Soares. O Lula não sabia de nada, foi traído (tese do Zé Povinho). Ou sabia, mas aí a culpa é do sistema de governo, que exige que o presidente faça acordos com os ladrões do Congresso pra poder governar (tese da classe média "pensante").

Paulo said...

Obrigado pelas respostas. eu nao estou de brincadeira nao, quando eu nao sei algo eu digo.

Algumas perguntas:
- Alem desse bolsa familia algo mais de alcance nacional foi feito? Alguma mudanca significativa da seguranca, hospitais e escolas publicas, etc?
- Essa popularidade no Nordeste vem exatamente daonde? Maior pobreza da regiao?
- Aumento do salario minimo? Serio mesmo que isso tem tanto peso politico assim?

Para vcs verem como a imagem que a imprensa da as vezes eh estranha. Eu estava achando que vcs iam falar que os juros altos estao agradando a classe media e alta, e que os pobres votam no Mula por nao conhecer o Alckmista.

Mas eu ainda nao consigo entender como esses escandalos nao estao afetando o cara. Eh incrivel. Tem que ser a tal lassidão moral que o Marcos lembrou.

F. Arranhaponte said...

Bem, a ironia é que tecnocratas tucanos pavimentaram o caminho da reeleição de Lula, dando continuidade reforçada a políticas iniciadas pelo FH.

Isto ocorreu por exemplo na política econômica inicialmente bem conservadora, que garantiu estabilidade, baixa inflação (povão adora)e um crescimento merreca, mas que na comparação com o segundo mandato de FH devastado por crises externas parece razoável.

E foram também tecnocratas tucanos que torpedearam a bosta do Fome Zero e colocaram no lugar o Bolsa Família, um programa de transferência de renda com o carimbo de aprovação do Consenso de Washington, e que basicamente deu vigorosa continuidade ao que o FH começou a montar.

Lula, que nunca foi comunista, usou os intelectuais de esquerda para chegar ao poder, e, uma vez lá, usou os neoliberais para se manter.

Quanto aos escândalos, o povão acha que todos os políticos são igualmente corruptos, e que portanto é inevitável escolher um deles (voto nulo é viadagem de classe média na qual o povão não embarca). O povão não está muito longe da verdade, na sua avaliação do mundo político

Roger Moreira said...

Conversem com o povo, mas o povão de verdade, e solicitem deles uma explicação sobre o mensalão e as denúncias todas. Tentem, por favor. Eu já fiz esse teste algumas vezes.

Vocês ficarão assustados, a maioria simplesmente não é capaz de explicar do que se trata e, pior, parece não se importar muito.

Então, insista mais um pouco, explique você o problema. Sabe qual a resposta que mais ouvi?

"Ah, todo mundo rouba, resolveram pegar no pé só porque é o governo do Lula."

Conclusão da minha pequena pesquisa de campo:

O povão, maioria dos eleitores, simplesmente não entende direito o que aconteceu.

Além de não entender, não estão muito preocupados. Acharam aquela conversa toda muito comprida, cheia de disse-me-disses e perderam o interesse pela novelinha.

Por fim, quando entendem exatamente o que houve, desculpam o Lula.

O homem conseguiu criar uma imagem e tanto na cabeça das pessoas depois de tantos anos e tantas eleições. Como imagem é tudo e conceitos ninguém apreende...

Enfim, deficiência cognitiva mesmo. Sem desculpa.

De resto, solta lá uns caraminguás assistencialistas e tá fechado o pão e circo.

Marcos Matamoros said...

Paulo,
O Bolsa família e o salário mínimo atingem muita gente, principalmente no Norte e no Nordeste. Dois terços dos 23 milhões de benefícios da Previdência são vinculados ao salário mínimo, e a maior parte dos aposentados que ganha um mínimo mora nessas regiões. Nesses lugares, o mínimo movimenta muito a economia. A MB Associados fez um estudo mostrando que o comércio no ano passado cresceu muito mais no Norte e no Nordeste do que em outras regiões por causa do Bolsa família e do salário mínimo. Eu não lembro os percentuais, mas era um crescimento muito maior do que no resto do país. Além disso, a economia, aos trancos e barrancos, está criando empregos. De janeiro de 2003 a abril de 2006, foram criados 3,99 milhões de empregos formais. Não é um número assombroso, mas é razoável para os padrões brasileiros recentes. E como muitos brasileiros não parecem ver problemas no modus roubandi do PT, a melhora na vida dos mais pobres vai acabar reelegendo o Guia Genial
Um abraço,
Marcos

Homero said...

Bem, se você realmente não está brincando e quer saber porque o Lula será reeleito, a questão é a seguinte:

"The incumbent always has the upper hand".

Olhe para os EUA (eu não estou disposto a fazer nhenhum "Bush bashing", não). Mas veja como a avaliação de qualquer governo atual tende a se descolar da capacidade administrativa do presidente em questão.

Não importa que o Lula seja ignorante (O Bush também era). Não importa que o governo dele seja um poço de corrupção (Bush, ditto). Nem é relevante o fato de que só ganha lugar no governo que é do PT (Quem foi que o Bush nomeou para a FEMA, mesmo hein?!).

Se a economia continuar crescendo, a inflação não disparar e qualquer crise que surgir não for grande o suficiente para afetar o bolso dos eleitores, quem tá no posto tende a ser reeleito, sempre. Os milhões de erros cometidos e a capacidade administrativa não importam.

Se você ainda não tá convencido, escreva uma composition de 500 palavras sobre porque você preferiu o Bush ao Kerry nas eleições de 2004. Depois substitua as palavras Bush, republicanos, Kerry e Democratas, por Lula, Petistas, Alkmin e PSDB.

Com certeza você descubrirá que a única coisa que determinou a escolha de então nos EUA e a futura escolha no Brasil foi isso: inércia.

[ ]s

Paulo said...

Po Homero... O Smart conseguiu nao falar do Bush mas vc nao consegue neh? :-)

Sinceramente, se o Bush tivesse 1/3, que fosse 1/5 dos escandalos do Lula, eu concordaria. Incompetencia nao falta em qualquer governo, mas vc esta comparando apples e melancias (para usar uma metafora de dupla utilidade)

Logico que o incumbent tem vntagens, isso eu nao discuto. Mas os casos sao absurdamente diferentes, acho a comparacao impossivel.

[]s

Homero said...

Partnership rules.

Então tá. Não vai conseguir entender mesmo.

[ ]s

PS. Just for the record: se tem alguém de cujas políticas eu discordo mais nesse mundo que o Bush, essa pessoa é o Lula. Tudo bem, também tem o Ciro Gomes, o Saddam Hussein, o Bin laden, o....

Raul said...

Li hoje no blog do Noblat gente das classes C e D andando e rebolando para a corrupção. E as classes "letradas", bem, melhor nem comentar. Se há panis, tudo é circensis. Brasileiro já perdeu a vergonha no único lugar onde ela é necessária: na cara. Não há mais solução.

João Philippe said...

Aqui no nordeste a popularidade do Lula se deve principalmente a fatores subjetivos: as pessoas querem votar nele porque, assim como elas, ele é nordestino, já foi pobre, inculto e chegado na caninha. O povão nordestino se identifica, vê nele um cara como eles que "chegou lá".

Além disso, estão encantados com a possibilidade de passar a vida inteira fazendo filho para depender eternamente do bolsa-esmola. Minha mãe trabalha em escola pública e ela já nota o quanto as medidas educativas de contracepção têm estado em baixa. Antes ter um filho para uma jovem pobre era uma catástrofe. Hoje pode significar um bolsa-esmola só para ela.

João Philippe said...

Já lá pras bandas do sul eu acredito que o principal fator de manutenção de relativa popularidade do Mulla é a conivência dos movimentos sociais e dos mamato-sindicalistas. CUT, UNE e MST, pra ficar só nessas 3, estão fazendo campanha ativamente.

É a velha receita populista, Paulo. Compre os pobres com esmola e a classe média com subsídios e você terá futuro político garantido, independente de qual incompetente e corrupto você seja.

smart shade of blue said...

As classes altas não representam perigo em termos de votos. Representam perigo em termos de prestígio, de uso dos meios de comunicação, etc.

É por isso que as contas são essas: o Bolsa Família consumiu 8 bilhões de reais; o PRONAF, do qual ninguém falou mas é tão ou mais importante, 10 bi; e os 18 bi juntos não são nem uma parcela do que o governo paga de juros pelos seus títulos maneiros. Juros que vão parar, obviamente, na bolsa dos rentistas, que são os mesmos do primeiro parágrafo.

O terrível é que vocês se preocupem tanto com a esmola mas não se preocupem com o assalto, né ?

Paulo said...

Xii.

Smart, esse tipo de argumento daria uma otima discussao.

Mas voltando ao Lula, como eh que vc explica que todos esses escandalos, de dinheiro na cueca a festinhas da pesada, nao afetaram em nada a popularidade dele? Vc acha que esses programas sociais estao sendo efetivos o suficiente para fazer o povao 'perdoar', vc acha que o povao nem sabe o que esta acontecendo, ou... o Lula eh inocente?

[]s

Cláudio said...

Se Lula é inocente ou não, é irrelevante. Imagine um miserável que nada tem e nem mesmo esperança de vir a ter algo. Imagina um político que rouba mas lhe dá uma graninha para tocar sua vida miserável e outro honestíssimo que não lhe dá nada. Em qual deles você você votaria?

Não dianta querer entender como funcionam a coisas "lá embaixo" sem entender a legião de pessoas de passarão a vida em branco.

Igor Taam said...

Gostei dos 4 pontos do Bruno Chiarelli e do último comentário do Cláudio.

De forma geral, acho que os fatores são muito mais emotivos do que racionais. Como sempre, aliás.

Os programas assistencialistas (por exemplo, o bolsa-escola) teriam o mesmo efeito sobre os "beneficiados" se o governo distribuisse dentaduras apenas. Nada disso é eficiente, mas o que vale é a resposta psicológica em torno de tudo. Note também que transformam dentadura em bolsa escola para impressionar outros seres irracionais, a classe-média estatólatra. Como dizem, tá tudo dominado.

smart shade of blue said...

Paulo,

Eu não creio que Lula seja "inocente".

Vá lá: eu até acredito que para muita gente no partido o que está em jogo é a sobrevivência de seu projeto político. Eu mesmo não creio, por exemplo, que Lula esteja "metendo a mão na grana", pessoalmente (embora, é óbvio, as tentações do poder estejam aí mesmo, veja o caso do Land Rover do Silvinho). Também creio, porém, que Lula não é nenhum santo. Simplesmente porque nenhum santo chega a presidente.

Também é óbvio que não dá para acreditar que a operação montada não contava com o pleno conhecimento da cúpula partidária.

Lamento, portanto, desapontá-lo. Seria bom que você se convencesse de que estou falando sobre coisas que estão um nível acima dessa história. Seres humanos são corruptíveis e falíveis _ em qualquer governo. Se fôssemos depender de pessoas santas para que um governo, ou por falar nisso, qualquer organização, incluindo empresas e igrejas, funcionasse, estaríamos fritos.

O que importa é saber se estamos criando instituições que consigam alinhar uma boa parte dos interesses individuais aos interesses coletivos.

Daí que sua grande ingenuidade é não perceber que a política do PT no poder, ao menos no curto prazo, foi essa: tentar alinhar os interesses de grande parte dos atores sociais em um só projeto. Por isso toquei no assunto dos juros. Uma parcela ínfima do que é usado para pagar juros (que interessam as camadas altas da sociedade, aquela que têm aplicações financeiras) está sendo destinado à grande maioria dos que pouco têm. Ao mesmo tempo, se você olhar a composição do ministério lulista, verá grandes empresários, que estão também bastante satisfeitos com o governo _ e ficarão ainda mais se o dólar subir mais.

Portanto, sua estupefação é crível, mas ingênua, ainda que mitigada pela distância. Você _ aliás, como eu em certa época _ provavelmente acreditou que o PT no poder seria um partido de confronto. Eles foram mais espertos, e _ como direi _ comeram o xuxu pelas bordas.

O problema é que muito além da indignação classe-mediana com a corrupção petista demonstrada por você e alguns dos comentaristas nessa caixa, sobram os grandes problemas que aparentemente ainda não estão solucionados _ o que remete, de novo, à pergunta que faço lá em cima, no meu primeiro comentário.

Paulo said...

Smart! That was just great.

Deixa eu resumir seu argumento entao:
- Todos politicos sao corruptos (senao nao conseguiriam chegar ao poder, que eh irremediavelmente corrupto).
- O Lula roubou, mas foi somente para chegar no poder. Nao se beneficiou muito (so um pouquinho, mas ninguem eh santo!).
- O que importa mesmo nao eh esse negocio de roubar ou nao, eh tudo relativo. O que importa eh que o Lula roubou e, sendo esperto o suficiente, deu um bolao do roubo para os ricos MAS um pouquinho maior para os pobres.

Ah, e nao podemos esquecer: Eu sou muito ingenuo de ficar me preocupando com esse negocio de escandalos, roubos, etica, etc. Got to look at the big picture!

Thanks man!

smart shade of blue said...

Paulo,

Escandalizou-se ? Talvez por ser um leigo.

Quer dizer, para um economista que conhece teorias mais "modernas", a questão do "agente principal" é um dado da realidade que qualquer análise política ou econômica deve levar em consideração. É só checar no Google ou em uma boa biblioteca perto de sua casa.

Você, que adora a América: procure se informar sobre sua história, sobre os "Robber Barons", sobre Tammany Hall, sobre Nixon. Só existe política "pura" na cabeça de maniqueus. Se o seu problema é mesmo esse, desista: discuta outra coisa no blog, cinema, teatro, museus. Menos política.

Do contrário estará fadado a discutir, para sempre, política no nível basal da "gentinha", para usar um vocábulo que tanto frequenta esta caixa de comentários...

smart shade of blue said...

Aliás, só para lembrar um dado pitoresco:

Essa mesma argumentação que usei aqui é a que eu usava contra petistas, ao tempo das privatizações no governo FHC.

Nada mais parecido com um militante da estrela do que um liberal de carteirinha.

Paulo said...

Smart...

Eu desconfio (posso estar errado) que vc saiba exatemente do que eu estou falando.

O nivel de corrupcao desse governo atual eh sem paralelos. Nos EUA, governos cairam por muito menos.

Logico que vc pode virar e dizer que o Collor caiu so por causa da economia, o Nixon so caiu por causa da China, etc, etc.

Cinicismo eh uma coisa. Ser um apologista de aproveitadores eh outra. Ser acusado de licitacao falsa ou espionagem politica eh uma coisa. Levar dinheiro na cueca e alimentar um esquema de corrupcao nacional eh outra.

A sua teoria sobre a "normalidade" de tudo que vem acontecendo eh surpreendente. Para nao dizer shameless.

Paulo said...

Pra vc Smarto, da Folha de hoje:

RIO DE JANEIRO - Bill Clinton presidiu os EUA num dos mais períodos mais prósperos e pacíficos de sua história, zerou o déficit público, tinha grande prestígio nacional e internacional e sólida aprovação popular, era dono de irresistível carisma e notável orador. Jamais foi acusado de roubar nada nem de ser complacente com a corrupção, mas, mesmo assim, sofreu um processo de impeachment, foi condenado na Câmara (com muitos votos de seu próprio partido) e só se manteve no cargo, por votação apertada, no Senado. Só porque mentiu.
Não mentiu sobre questões de Estado ou segredos militares, sobre concorrências ou superfaturamentos, sobre lobistas, fundos de campanha ou companheiros ladrões -mentiu sobre um patético romance com uma estagiária gorduchinha, mero assunto de família. Mas foi condenado implacavelmente por republicanos e democratas na Câmara, apesar de não haver nenhuma campanha na mídia, nenhum clamor popular e nem um estudante de cara pintada nas ruas de Washington exigindo a sua saída. Só porque mentiu.
Só? É que lá eles acreditam que quem mente agora mente sempre e não merece confiança. É rigoroso, mas faz sentido, não é? Principalmente na administração pública.
Já aqui, os delúbios, silvinhos e seus chefes, os mensaleiros e seus banqueiros e empresários, os sanguessugas e os advogados dos bandidos, todos mentem deslavadamente na nossa cara, humilham nossa inteligência, desmoralizam nossa honestidade e nos provam que, entre nós, a mentira é não só tolerada como recompensada. Eles anunciam a verdade brasileira: minto, logo, existo.
Não sei se já houve mais corrupção em outro tempo, mas com certeza nunca na história deste país se mentiu tanto. Graças a Deus Lula não mente como Clinton.

smart shade of blue said...

Foi bom você falar nisso, Paulo. Realmente, shameless o Partido Republicano atazanar tanto um presidente tão bom. Pior que isso só era uma pálida sombra do que estava por vir, né ? O azar de Clinton, Paulo, foi ter uma oposição muito mais escrota do que a que Lula tem que aguentar aqui.

smart shade of blue said...

E mais:

"O nivel de corrupcao desse governo atual eh sem paralelos"

Como é que você pode saber disso ?

O que você sabe é que a repercussão das acusações são sem paralelo.

Também suspeito que há um learning effect aí. O PT, durante seus vinte e tantos anos de vida, se especializou em atazanar, não em ser atazanado. Logo sabe esconder menos o seu rabo. Rabo este, lembre-se, inventado pelo PSDB (para minha tristeza, creia), já que há provas de que Marcos Valério já operava da mesma forma para o tucanato.

A diferença é que os tucanos eram muito mais sofisticados.

Paulo said...

What do you mean?

Eu nunca disse que o impeachment do Clinton foi justo. Vc deve ter imaginado que eu diria isso. A atuacao dos Republicanos foi shameless sim, e muito do que acontece hoje eh troco daquela epoca.

Mas assim como o Nelson Motta, acho essa sua racionalizacao dos escandalos atuais triste. Por mais que vc ache que os fins justificam os meios, querer fazer comparacoes malucas ou vir dizer que a culpa eh da imprensa eh inconcebivel.

Nao estou brincando. Nessa vc me surpreendeu.

smart shade of blue said...

Paulo,

Espero que você perceba a contradição em que está caindo.

Pelas suas próprias palavras, você reconhece que Clinton atravessou um processo injusto, movido por interesse eleitoreiros, com grande amplificação pela mídia conservadora (ou seja, você inclusive reconhece que a mídia distorce coisas). E isso porque ele não tinha feito nada de mais.

Se você reconhece isso, qual a dificuldade em reconhecer que a mídia brasileira dá tratamento diferente a malfeitos realizados por autores diferentes ?

Eu não estou dizendo que a culpa pela corrupção petista é da mídia. Estou dizendo apenas que a mídia usa dois pesos e duas medidas ao reportar a corrupção petista e a corrupção psdbista (volto a dizer, a originária, em termos valerianos).

Como você não está no Brasil, talvez tenha realmente uma dificuldade básica em perceber as razões para isso. Bem, eu não conheço as razões da família Civita da Abril. Mas as da Globo dizem respeito a sérios interesses negociais em jogo neste último ano de mandato, como a implementação da TV digital, a sociedade com a News na Sky e a fusão com a Directv, os vários processos que a empresa sofre devido a questões de exclusividade na transmissão de eventos esportivos, etc. Tudo isso colabora para que a Globo tenha todo o interesse em manter uma Espada de Dâmocles pendurada sobre o Palácio do Planalto.

Se você não entende essas nuances, não entende nada sobre o relacionamento entre imprensa e governo neste país, atualmente.

Anonymous said...

Alguém aí viu a propaganda do PSDB? Gente, que MERDA é essa? Coisa amadora, tosca, idiota... até parece que é de propósito, eles QUEREM perder!

Raimundo Arão said...

Bem, eu não conheço as razões da família Civita da Abril. Mas as da Globo dizem respeito a sérios interesses negociais em jogo neste último ano de mandato, como a implementação da TV digital, a sociedade com a News na Sky e a fusão...(blá, blá, blá)

snif, snif que cheiro de teoria da conspiração queimada. Parou de usar desodorante sr.Wal-Mart Shade of Blue? Andas comendo repolho?

Paulo said...

Smart

Nao tem contradicao nenhuma po! Se o Lula tivesse comido uma estagiaria qualquer eu estaria dizendo para deixar ele em paz. Ou melhor, estaria dizendo que nao eh nosso business saber quem o presidente come ou nao.

O meu ponto, e o ponto do artigo, era que aquele foi um caso de exagero do conceito de responsabilidade individual. Por definicao, um conceito so pode ser abusado se ele existe. No Brasil, estao decidindo fingir que honestidade nao existe (sua msg foi uma ode a desonestidade das melhores).

Ou entao vc esta querendo dizer que o dinheiro da cueca nao existiu? Ou que o mensalao era um bolao da copa do mundo? O tal caseiro e as falcatruas que eram combinadas por la nunca existiram?

O fato de eu nao estar no Brasil eh mais uma prova de que os escandalos atuais sao o que sao, e nao que a imprensa esta de alguma forma me manipulando.

A sua racionalizacao de uma administracao tao corrupta eh incrivel. Ate agora vc nao disse nada que mude nada do que eu disse. So esta tentando elevar a barra da tolerancia por desonestidade para poder explicar porque nao deveriamos ficar revoltados com a podridao atual.

Se nao foi o PT que comecou a merda eu nao sei. E isso nem importa. A frase eh "The buck stops here" e nao "I don't know who fucking started this shit". O que importa eh que esse PT deu uma contribuicao historica para essa vergonha. E a unica reacao possivel, a unica reacao que pelo menos incluiria uma certa dose de vergonha na cara, seria eleger alguem diferente. Mesmo que esse diferente acabe sendo tao ruim quanto.

Mas nao. Preferem o jeitinho brasileiro de empurra tudo pro lado e aumentar o volume do sambinha.

Nao eh atoa que os Morales e Chavez da vida se aproveitam.

Buggyman said...

Ora, Paulo. Quem sabe das falcatruas do governo Lula? qual o horário que a Globo, apenas para citar a maior, fala mais claramente no assunto? No JN ou no JG? No Jô Soares? Horários que o trabalhador ou as classes baixas não estão ligados na TV...

Estranhei a Cristiane Torlone falando sobre isso no Mais Você, mas pode ter sido um simples deslize.

Quais jornais o pobre lê? quais revistas? O assunto deles é o que está nas novelas, nos papos de boteco. E aí, vale a grana do bolsa esmola que está caindo para garantir o dia. Não sou contra o assistencialismo localizado e emergencial, mas isto que aí está é a própria consumação da esmola de esquina!

Lula sabe tudo. Sabe, inclusive, que tirar a grana do PAR para largar no Bolsa Esmola é um grande negócio. Fazer o que?

Nossos grandes problemas traduzem-se na falta de uma federação de verdade, de um voto distrital, de um congresso unicameral e decente. Com o que temos, vamos continuar com os Lulas da vida...

Bruno Chiarelli said...

Smart, só pra ver se eu entendi.

Pra você não tem nenhum santo na política, porque todos são corruptos, já que o Estado é também corrupto?

Tá virando libertarian, rapaz?!

===

Paulo, estamos no país em que roubar um bilhão pode, mas torcer pra um time diferente do que você tinha quando nasceu é inadmissível.

Não se escandalize com a política brasileira, porque 10 Bush não valem 1 Lula em matéria de escândalos e estupidez. O Lula não erra por incompetência apenas, erra por omissão. O cara simplesmente NÃO GOVERNA. O país parou desde que o Zé Dirceu foi retirado pelo Roberto Jefferson (e a imprensa insiste em dizer que ela é que descobriu o mensalão...). Mas também, o que esperar de alguém que nunca estudou ou trabalhou, por que não quis? É o que o Mainardi disse, o negócio do Lula é ficar batendo uma caixa no boteco da esquina.

Bruno Chiarelli said...

"porque não quis", saiu com erro ai em cima.

Nemerson Lavoura said...

A vida de quem defende o governo do Lulla não é fácil, mesmo. Os caras têm de ficar dando voltas e mais voltas para chegar sempre no mesmo lugar: todos são corruptos, mas Lulla dá "algum" para os pobres - e "só por isso" é criticado.
Os caras poderiam pelo menos ser um pouco mais criativos. E menos insistentes.

Cláudio said...

O mais hilário é que, quanto esta tática ameaça não surtir efeito, procuram trazer o Bush (deixem a América em paz, por favor, e cuidem daqui!) para o mesmo patamar como se isso absolvesse o nosso presidente:

- Ei, que po** é essa? Transando com minha esposa!?
- É, mas o Bush também transa!
- Ah, então beleza.

Bruno Chiarelli said...

E tem o fator mais importante. O PT não rouba sozinho. Desde o escândalo do Banestado, governo e oposição no Brasil se juntaram pra formar uma cleptocracia. O PSDB era investigado e o PT, assim que assumiu a presidência, encerrou as CPIs. Agora é a vez do outro lado dar a mãozinha.

Daniel Dantas na Veja:

'(...) Se eu descer, levo junto PFL, PSDB e PT.'

É isso: ninguém apura as denúncias, porque todos têm o rabo preso. Chegou-se ao ponto em que a manutenção do Lula é vital pra que não ocorra uma ruptura definitiva na democracia.

raul said...

Paulo, duas notícias para aumentar o seu espanto:
http://oglobo.globo.com/jornal/economia/247563509.asp
http://oglobo.globo.com/jornal/pais/247604374.asp

Paulo said...

Essa dos anistiados eh de doer.

raul said...

Pois é. Sessenta milhões de neguinhos ralando dobrado e 6.700 amigos do rei mamando no Bolsa-Terror (155 vão receber mais de 1 milhão).
[]s

david said...

Essa discussão tá muito contaminada de olavismo, smartes fora. Tá foda.

Paulo said...

Opa, e ai David.

Quais olavismos?

Cláudio said...

Boa pergunta!

Nemerson Lavoura said...

"Olavismo"?!

???

david said...

Ao ponto:

O olavismo tá mais no clima "Mídia Sem Máscara" do que numa referência explícita. E não é só olavismo, não. Tem tb um neoudenismo (essa ênfase canhestra em "moralizar" o jogo). Para não falar em preconceito aberto ("gentinha" é forte demais, não?).

abs

Paulo said...

Po David,

Acho que vc deveria ser mais explicito. O Cisco falou em gentinha la no comeco, mas foi isso. 48 comentarios, linhas linhas, e vc se encucou com isso? Se ele tivesse falado 'povao' estaria tudo bem?

Faz tempo que nao leio o MSM, mas nao consigo ainda entender qual eh esse tal olavismo dos comentarios. Eh querer dizer que roubar eh moralmente errado?

Se for isso entao pode me incluir nos olavistas oras.

[]s

david said...

Já falei. Não é a referência explícita. É o clima.

"Gentinha" foi só o ícone. Chamar o povo de burro é sinal de desistência, de cansaço... e cansaço é perigoso em política.

Paulo said...

Ok, se o unico argumento fosse esse eu poderia concordar. Mas nao foi.

Alias, o que vc acha da minha pergunta? Qual eh a sua explicacao para tudo qu acontece com o Lula?

Cláudio said...

Clima olavista? Cada vez entendo menos...

smart shade of blue said...

Bruno,

Não é questão de ser "libertarian". Eu não sou contra o Estado. Só que acho que não há santos em política. Daí que o Estado tem que ser desenhado de forma a conseguir gerar efeitos virtuosos mesmo que seus "tripulantes" não o sejam, só isso. O mesmo vale, aliás, para empresas.

Paulo,

Interessante este seu jeito de vestal horrorizada com a idéia de que o fim, afinal, justifica os meios em algumas circunstâncias. Tenho certeza de que você acha que torturas em Abu Ghraib ou em Guantanamo são o mal menor diante do bem maior de "salvar o Ocidente dos bárbaros", por exemplo.

Então porque é que você não consegue admitir que o povão realmente goste do governo Lula, que os está beneficiando ?

Isso para não falar dos rentistas, é claro, que também estão felizes da vida. Só existem duas categorias de pessoas que não estão totalmente felizes com o governo: a banda de música udenista anaeróbica e alguns poucos analistas sérios que entendem o que está acontecendo mas querem muito saber o que virá depois.

Russo said...

Acontece que somos um país de cururus onde uma minoria intelectual é tão banana que não consegue motivar nem a Monique Evans a largar o culto evangélico, onde a elite financeira enche os burros com a grana dos juros e a corja política dominante está mais preocupada em reservar o seu em detrimento ao povo.
Isso, e esse povo é apenas um detalhe, que nada nada vota em quem os assite, ou seja, os programas de distribuição de renda do Lula.
Explicou?

Nemerson Lavoura said...

Então só não estão totalmente felizes com o governo duas "categorias" de pessoas: a "banda de música udenista anaeróbica" (que gracinha!) e "alguns poucos analistas sérios".
Eu não sei tocar nenhum instrumento, logo devo ser um analista sério (olhem bem para o meu retrato, vejam se eu não sou um cara sério).
E vocês, em qual "categoria" se encaixam ?

pimentel said...

Smart shade of blues sad it all meus caros. Pela primeira vez em zilênios um governo priorizou, ou pelo menos aumentou consideravelmente o gasto em programas sociais ( clientelistas, oportunistas, enganadores..isso é outra questão)...e quem só quem insiste em não ver a Colômbia-Haiti em que estamso mergulhados não entende que qualquer caraminguá a mais , qualquer possibilidad de microcrédito, qualquer financiamento facilitado de material de construção vai garantir loas e votos.
O roubo vem marcando a história do Brasil desde sempre. Mesmo sem perdoar absolutamente nada das falcatruas de Dirceu & cia ( Lula included) , só a hipocrisia mais renitente permite afirmar que este é o governo mais corrupto dos últimso tempos, ou de todos os tempos. Roubou-se mais com JK, com a gentalha que passou a mão na bunda dos milicos ( e construiu/distribuiu todas as Bras da vida) , com Collor, com Sarney e, last but not least, com o príncipe FH e suas privatarias. Por essas e por outras, Lula, que é apenas um presidente medíocre, será reeleito.
E não adianta, se não desligarem por alguns minutos o ar-condicionado, a cerca eletrificada e botarem a cabeça pra fora, quem não quiser ver, vai seguir sem ver.

Cláudio said...

É o mundo real, manô. Sacou?

Cláudio said...

É bom ver que a Internet está tão popularizada. Quantos favelados temos aqui nesta caixa de comentário! Eu, como zelite, fico até meio deslocado.

Nemerson Lavoura said...

Caramba, o pimentel seguiu à risca o "roteiro" que eu tracei em meu primeiro comentário!
Esse pessoal...
Criatividade zero.

Anonymous said...

Resumindo os motivos:

1) O povo é burro e ignorante. Lula não é burro, mas é ignorante que só ele. Pelo menos 50% de indentificação de cara...
2) Além de burro e ignorante, o povo também é corrupto que só ele. Só não tem oportunidades e meios para excercer a bandalheira. Assim, enquanto deputados são comprados com o mensalão, o povão é compra com o mensalinho, aka Bolsa esmola.

P.S. Pros petistas que fatalmente irão gritar "Preconceito!!": Petista nos tempos além de burros, ignorantes e corruptos são, acima de tudo, cínicos.

Anonymous said...

Resumindo os motivos:

1) O povo é burro e ignorante. Lula não é burro, mas é ignorante que só ele. Pelo menos 50% de indentificação de cara...
2) Além de burro e ignorante, o povo também é corrupto que só ele. Só não tem oportunidades e meios para excercer a bandalheira. Assim, enquanto deputados são comprados com o mensalão, o povão é compra com o mensalinho, aka Bolsa esmola.

P.S. Pros petistas que fatalmente irão gritar "Preconceito!!": Petista nos tempos além de burros, ignorantes e corruptos são, acima de tudo, cínicos.

gustavo ferrari said...

Tu poderia min madar a reportagem que tu tem sobre o desarmamento em um pais ai...
Que teve o golpe de estado, por favor, logo...
ferrariguga@hotmail.com
gustavo_ferrari@walla.com

Anonymous said...

O motivo de você não votar o Lula foi a corrupção? Repito de outra forma: se não houvessem os escândalos de corrupção você votaria no Lula? Não. Tampouco os que votaram nele deixaram de votar por estes motivos.
Os motivos são extremamente simples, mas vocês são inteligentes demais para entender:
1 - Corrupção também houve no governo anterior e há no governo de São Paulo. A população desinformada sabe disso, mas vocês, os informados, não sabem.
2 - Muitas pessoas perderam o emprego durante o governo anterior ou conhecem quem perdeu o emprego no governo anterior. Algumas pessoas conseguiram se empregar durante o governo atual ou conhecem que conseguiu se empregar no governo atual. A vida melhorou, ponto para o governo Lula.
3 - O funcionalismo público tem sido melhor tratado, a educação também. Quando Lula assumiu o governo fazia 10 anos que não havia aumento de verba para as universidades federais, teve no primeiro ano e os programas de combate ao analfabetismo foram retomados. A vida melhorou, ponto para o Lula.
4 - Está provado que os programas que vocês chamam de esmola resultou em melhoria de vida para as pessoas que recebem. Reduziu mortalidade infantil, por exemplo, o que não é apenas um número. Significa que nas comunidades onde os pais perdiam seu filhinhos com muita freqüencia isto não acontece mais. A vida melhora e... ponto para o Lula.

5- Outras coisas que não citarei pois ficará muito comprido.

Entederam, senhores inteligêntes, bem informados, honestos, que não são do povo, não, o povo não é nada disso, o povo sofre de deficiencia cognitiva, não é meus caros nazis... O povo sofre é de excesso de cordialidade. O povo não os trata a vocês, senhores, da mesma maneira que os senhores os trata. Só isso explica o porque dos senhores, tão simpáticos e inteligentes e bem informados, não terem sido todos degolados até agora. Não há dia em que eu não sonhe com uma degola generalizada e fora de controle. Não para construir o socialismo, não para construir o comunismo, apenas pelo doce prazer de uma vingança há tanto tempo reprimida.

Anonymous said...

You have an outstanding good and well structured site. I enjoyed browsing through it
roof rack install Rover 200 roof rackbar partsspares All inclusive hawian vacation Motor vehicle auctioneer minnesota simple car roof racks totoya camry Jcp26l pay bill online car bicycle rack 01010101010101010101010101010101 fiscal notes  employee moving and relocation expenses