Monday, January 02, 2006

Happiness

Happiness is not to be achieved at the command of emotional whims.

Happiness is not the satisfaction of whatever irrational whishes you might blindly attempt to indulge. Happiness is a state of non-contradictory joy - a joy without penalty or guilt, a joy that does not clash with any of your values and does not work for your own destruction, not the joy of escaping from your mind, but of using your mind's fullest power, not the joy of faking reality, but of achieving values that are real, not the joy of a drunkard, but of a producer.

Happiness is possible only to a rational man, the man who desires nothing but rational goals, seeks nothing but rational values and finds his joy in nothing but rational actions.

Atlas Shrugged

13 comments:

Anonymous said...

gosto muito da ayn, mas essa definicao nao soh nao faz sentido como eh demonstravelmente falsa. conheco muita gente quase irracional e feliz, e feliz por motivos irracionais ou irreais, ou delusionais... alex castro

Paulo said...

E sera que esses sao realmente felizes? Pelo que eu ja vi, nao.

Pelo menos para mim, essa definicao funciona bem.

[]s

Stormwatch said...

Será que são felizes? Será que são iludidos? Porque as pessoas são tão irracionais? Quem é John Galt?

Anonymous said...

Acho que é feliz quem acha que é feliz e é infeliz quem acha que é infeliz.
Who is John Galt?

Anonymous said...

paulo, esse eh o ponto. essa definicao funciona pra vc. e pra mim. e pra ayn rand. que somos pessoas intelectuais e racionais. mas querer restringir a felicidade as pessoas intelectuais e racionais e dizer que quem eh burro, irracional ou irrefletivo simplesmente nao eh ou nao pode ser feliz eh muito preconceito. na verdade, eu diria o oposto. a inteligencia acaba levantando tantas questoes existenciais profundas e tormentosas que acho muito mais facil uma pessoa burra e superficial ser feliz do que uma pessoa inteligente e profunda. alias, minha observacao na vida comprova isso o tempo todo. conheco meninas burrissimas e felicissimas, basta um dia na praia pra deixa-las transbordantes de felicidade, e conheco pessoas inteligentes e intelectuais que nao conseguem ser felizes de jeito nenhum, pq mesmo quando tudo estah bem em suas vidas, se martirizam com questoes existenciais e politicas, global warming, serah que deus existe, qual eh o sentido da vida, bla bla bla.

de qualquer modo, qualquer definicao que diga que a maior parte da humanidade nao eh ou nao pode ser feliz nao pode estar certa

alex castro

Fernando said...

racionalidade e emoção ou racionalidade vs. emoção? Sou mais a coluna do meio...

Abraços

Cláudio said...

Oh boy! Quanta confusão. Racionalidade e inteligência não são sinônimos. Uma pessoa estúpida feito uma porta pode tomar uma decisão perfeitamente racional, embora errada. Uma pessoa inteligente pode tomar uma decisão completamente emotiva, porém correta.

Victória said...

Para mim, se alguém é irracional é porque não tem controle sobre suas próprias emoções. Eu não vejo como alguém pode ser feliz sem controle sobre suas próprias emoções.

Thiago said...

hey vic, n�o distor�a a discuss�o, isso tudo n�o � sobre a emo��o e sim sobre intelig�ncia e a \\\"n�o intelig�ncia\\\" (se � que posso falar isso)..por exemplo, tenho amigos que n�o s�o dotados de intelig�ncia mas conseguem ser felizes e vencer na vida, enquanto conhe�o pessoas que s�o super inteligentes mas n�o conseguem curtir um s� momento pois suas consci�ncias os martirizam com outras quest�es. O ponto �: como definir felicidade de modo que abranja esses dois tipos de pessoas. Para mim, a quest�o felicidade tem mais a ver com a quest�o realidade, quer dizer, cada pessoa � uma pessoa e ser feliz para voc� pode estar muito longe do ser feliz para mim...Cabe a cada um trilhar seu caminho em busca dele, mesmo sendo inteligente ou n�o..O problema todo � definir...acho que h� quest�es humanas em que n�o se pode definir, mas apenas viver..

Abra�o a todos

Thiago said...

Nesse livro a quest�o � abordada de maneira extremada e satirizada. Eu gostei: http://www.submarino.com.br/books_productdetails.asp?Query=ProductPage&ProdTypeId=1&ProdId=292177&ST=SE


Abra�o

Anonymous said...

vitoria, o seu erro, da ayn rand e do paulo, e de muitos outros, que eh definir a SUA felicidade como A felicidade e nao aceitar ou nao entender a felicidade do outro, ou uma felicidade em termos q vc nao compreende ou aceita. em ultima instancia, claro, o senso comum eh que felicidade eh cada um fazer o que quiser. mas precisamos de uma definicao, digamos, mais cientifica e filosofica.... alex castro

F. Arranhaponte said...

A AynRand é a mestra espiritual da juventude do Alan Greenspan

testing said...

testing