Wednesday, February 08, 2006

Loon canadians and fake republicans

Peripécias socialistas

As aeromoças da Air Canada ganharam uma batalha histórica na suprema corte canadense. De agora em diante, elas vão ter que ganhar a mesma coisa que os homens que trabalham na companhia. Claro que não estou falando somente dos "comissários de bordo", that's bullshit. Elas vão ganhar a mesma coisa que qualquer homem, incluindo os pilotos.

Explicação da sábia corte: "they all work for the same organization in the same business".

Mais aqui.

Dados sobre o Bush gastão

Antes de comemorar os pequenos cortes no orçamento 2006 do Bush (ou pior, achar que existe alguma dark trend no mesmo) é bom considerar os números dos últimos 5 anos:

Larger Increases in Federal Spending By Category, 2001-2006:
National Defense 11.9%
Health Research and Regulation 12.3%
International Affairs 16.1%
Education 18.9%
Community & Regional Development 34.6%
Energy 211.1%

Anti-poverty spending has surged 39% under President Bush to a record 16% of all federal spending

Breakdown by Anti-Poverty Category (Nominal $millions) 2001 2005 Increase:
Health Care Assistance 40%
Food Assistance 49%
Housing Assistance 26%
Cash & Other Assistance 37%
TOTAL ANTI-POVERTY SPENDING 39%

Mais aqui.

14 comments:

Cisco said...

A decisão canadense é hilária. Já estou vendo o sindicato da enfermeiras ligando para seus advogados.

rafael caetano said...

E as faxineiras do tribunal?

Paulo said...

Que nada, o negocio vai ficar complicado quando chegar na Microsoft :-)

Cláudio said...

Se você for pensar bme direitinho, a decisão da corte canadense é correta.

Paulo said...

Claudio
Estou esperando o outro sapato cair, como dizem por aqui :-)

Cláudio said...

Não tem outro sapato, Paulo. Alguém ia dizer isso mesmo, então eu me antecipei. Ou pelo menos verbalizei o que alguns poderiam estar pensando.

Cláudio said...

Mas gostei da expressão... A tradução para o inglês é ao pé da letra?

Cisco said...

Acho que em português se diria que o Paulo está "esperando cair a ficha". Ou seja, ele está esperando que tu complete a piada.

Cláudio Cordeiro said...

"Esperando cair a ficha" não quer dizer "esperar alguém completar a piada", e sim q essa pessoa ainda não entendeu a piada.

Fernando said...

Ainda estou esperando a ficha cair no sapato.

Cisco said...

Cláudio: eu expliquei mal. Deixa eu tentar de novo. O Paulo disse que está esperando "the other shoe to drop" porque, até onde entendi, ele não entendeu o que tu quis dizer ("não caiu a fica") e está esperando que tu explique melhor. Afinal, se for pensar bem direitinho, a decisão da corte canadense é tão correta quanto uma notícia do Pravda.

Cláudio said...

Era isso que eu queria saber: a versão original em inglês.

Bruno Chiarelli said...

Fiquei curioso e procurei no Google, empresa que não deixa sapatos caírem no governo chinês.

A origem da expressão é ótima: você mora em apartamento, chega tarde da noite, tira um sapato e joga no chão. Se dá conta que pode ter acordado o vizinho de baixo e resolve tirar o outro sapato com mais cuidado. Como o vizinho já acordou com o primeiro barulho, ele grita: "joga logo a porra do outro!" Convenhamos que, em certas cidades (NYC! NYC! NYC!) os gritos não teriam tamanha sutileza.

Pelo que entendi, não há definição melhor para waiting for the other shoe to drop do que algo como: "ok, vc já fez a merda pela metade, agora termine". :)

==
http://idioms.thefreedictionary.com/wait+for+the+other+shoe+to+drop

Wait for the other shoe to drop (American) - to wait for something bad to happen. Example: Once a company starts laying of employees, those who are still working feel they are waiting for the other shoe to drop.

Nada como o Freedom-Google, a versão high tech do rádio-relógio!

Cláudio said...

Eu trabalhei numa multinacional que começou a fazer seu lay-off anual. O telefone tocava e a pessoa era comunicada da demissão e tinha 15 minutos para arrumar as coisas e ir embora. Num determinado momento descobrimos que a ordem dos telefonemas era alfabética. Essa empresa levou o sentido de "wait for the other shoe to drop" às últimas consequências.