Thursday, July 07, 2005

Londres

Sabe o que eu realmente queria que acontecesse?

Que hoje no fim do dia, todos os líderes do G8 anunciassem que estão mandando 20 mil tropas de cada país para o Iraque. Sim, 160 mil tropas chegando em Bagdá nos próximos meses. Um mar de italianos, canadenses, chineses e franceses saindo do vespeiro.

Ah, lá vem você com suas idéias reacionárias e violentas! Violência leva a mais violência! A resposta não é essa!

You know what? Podem chamar do que quiser. E eu até concordo que mandar mais tropas não ia resolver coisa nenhuma a curto prazo. Também concordo que no fundo o problema é econômico e cultural, que os países ricos tem que se mexer mais, etc, etc, etc.

Mas o negócio é o seguinte: Esse pessoal quer briga. A pior coisa que qualquer um pode fazer é mostrar medo. Eles não estão atacando a Europa por necessidade, e sim porque acham que lá está o elo mais fraco. A retirada espanhola foi talvez o evento mais prejudicial dos últimos tempos. É psicologia 101, coisa que qualquer criança aprende nos primeiros anos de escola.

Esses radicais que matam civis inocentes não vão ser convencidos a mudar. Essa geração toda de 'militantes' já está perdida e precisa ser combatida e destruída.

A não ser que estejamos dispostos a morrer antes.

13 comments:

Eiweiss said...

O Iraque não teve nada a ver com o 11 de Setembro em NY. O Iraque não teve nada a ver com o 11 de Março em Madrid. O Iraque não teve nada a ver com o 7 de Julho em Londres.

Para resolver o problema teria que ter mandado as tropas para Riad na Arábia Saudita e não para Bagdad. É Riad cria e alimenta o terrorismo islâmico.

Mandar tropas para o Iraque pra quê? A intenção é acabar com o terrorismo islâmico ou tentar limpar a barra de quem fez uma guerra sem sentido, sem necessidade, sem planejamento e sem estratégia de saída?

Ou será que a estratégia de saída é justamente essa: enviar tropas de outros países para retirar as tropas americanas?

Não tem jeito. Quando a liderança não quer resolver o problema, só se vai ver isso: manobras para fazer todo mundo ignorar a raiz da questão.

Abraços,

Paulo said...

Eiweiss,
A Arabia Saudita eh culpada por omissao e por ser um governo corrupto e ditatorial. Sempre acho estranho quando alguem que critica a guerra do Iraque propoe atacar a Arabia Saudita. O Iraque promovia ativamente o terrorismo, mesmo que nao tenha lidado diretamente com 9/11.

Mas mesmo que vc discorde disso, acho dificil discordar que atualmente o Iraque eh o campo de batalha na guerra contra a Al Quaeda. Os Sunis nao sao liderados pelo Mussawi e companhia.

Alias, o proprio Bin Laden disse que a guerra do Iraque eh 'a' guerra pro pessoal dele.

[ ]s

Fernando said...

Condivido com sua raiva, mesmo que não concorde com os meios a que chegamos a isso. Eiweiss tem razão em apontar as falhas cometidas no Iraq. Mas acho que é evidente que se os EUA falharem no Iraq as consequências serão bem mais graves do que eram antes da invasão. []s

Eiweiss said...

Paulo,

Eu fui contra a guerra do Iraque e a favor da guerra do Afeganistão. Eu me sinto bem desconfortável em companhia de pessoas que foram contra ambas as guerras, pois acho a guerra do Afeganistão perfeitamente justificável. Como também acho justificável uma guerra contra a Arábia Saudita. Não vejo nenhuma contradição nisso.

O Iraque só se tornou um campo de batalha depois de ser invadido. Antes não era campo de batalha. A Al-qaeda só continua patrocinando ataques terroristas porque o exército americano não teve condições nem tempo para cumprir o seu papel de exterminá-la no Afeganistão. O exército foi deslocado para lutar no Iraque uma guerra que não tinha nada a ver com o terrorismo.

Todos nós nos indignamos com o festival de selvageria e carnificina que são esses ataques terroristas. Mas é exatamente nessas horas que se diferencia um estadista de um mero político. O estadista pensa nas medidas para resolver o problema. o Político pergunta aos acessores o que ele deve fazer e falar para ganhar mais popularidade junto ao povo amedrontado e traumatizado.

O principal problema é portanto falta de liderança e de visão estratégica.

Abraços,

Paulo said...

Eiweiss,
Discutir se a guerra do Iraque foi um erro estrategico ou nao eh totalmente compreensivel para mim. Eu discordo de todo esse blabla de que o Bush inventou motivos e tal, mas as wmds nao estavam la e isso eh isso.

Mas seja por qual for o motivo, o Iraque eh o centro da guerra contra esse pessoal. Eles podem ter migrado para la por causa da guerra, mas eu nem sei se isso eh ruim. Afinal, eles teriam ido para onde quer que seja.

Os ataques em Madri e agora esses de Londres sao diretamente ligados a essa situacao, e eu acho que se os paises envolvidos (que deveriam ser todos os civilizados) dessem uma demonstracao de forca pra valer, a coisa poderia melhorar muito mais rapidamente.

[ ]s

Fernando said...

Paulo, o prefeito de Londres (que é uma figura controversa às vezes) pra mim deu a melhor declaração sobre o que aconteceu. Não sei se vc viu ou ouviu. Eu botei a declaração no meu blog.

[]s

Marcelo said...

Paulo,

Mas demonstração de força contra quem? Basta meia duzia de malucos e você faz um atentado desses. E certo, você invade o Iraque, e a Síria, a Palestina, a Arábia Saudita, o Paquistão... enfim, os outros focos de terrorismo, o que você faz?

Anonymous said...

porra paulo, vc é doente. falar é fácil. vá vc fazer parte dos 20 mil de cada pais.

Igor said...

Não sei se está certo ou errado, para ser sincero nem quero saber.
Mas parabéns pela coragem de falar assim. Vão cair de pau em cima de você.
O FDR, aliás, acha o mesmo.
Abs,

Paulo said...

Marcelo,

A teoria eh de que se vc consegue normalizar um pais como o Iraque, outros paises teriam mais medo de ajudar os terroristas, e com menos ajuda de instituicoes poderosas, os terroristas teriam menos gente se juntando a causa.

Nao existe outra maneira. Todos achavam que o Afeganistao era um fim do mundo, que nao fazia diferenca se o Taleban ajudava essa ou aquela organizacao. Antes disso, a mesma coisa acontecia no Sudao, e por ai vai.

[ ]s

Paulo said...

Anonymous,
Vamos fazer um trato? Eu vou para o Iraque e vc vai para o proximo trem de metro ou onibus alvo de um ataque.

Que tal?

Anonymous said...

Eu gostaria de pedir....encarecidamente..que retirem as tropas desse lugar.Meu marido está na tropa canadense, estão vivendo dias de tristeza solidão, violência...e incertezas. Ninguém diz quando eles virão de lá.Somente quem tem alguém da familia em uma situação dessas, entende que a PAZ é a única solução. E que intimidar Al Qaeda com soldados que não tem culpa dessa maldita briga..não vai levar a nada, a não ser a tristeza de ter, como eu, um ente querido..correndo risco de vida.
Por favor...tirem estes Homens de lá.

Anonymous said...

Quero meu marido de volta....por favor..tirem a tropa canadense desse maldito lugar!!!!

Claudia Sampaio