Sunday, September 04, 2005

Teimosia e estupidez

Teimosia:
"'They may have to shoot me to get me out of here,' he said. 'I'm much better off here than anyplace they might take me.'"

Estupidez:
"Amid the tragedy, about two dozen people gathered in the French Quarter for the Decadence Parade, an annual Labor Day gay celebration. Matt Menold, 23, a street musician wearing a sombrero and a guitar slung over his back, said: 'It's New Orleans, man. We're going to celebrate.'"

5 comments:

smart shade of blue said...

Acho um tanto unfair este seu post, Paulo.

Primeiro, porque sua argumentação até então vinha sendo a de que o governo tem razão ao dizer que o desastre era imprevisível. Então, se quisermos manter a coerência da argumentação, deveríamos reconhecer que se o governo, com todos os seus recursos, não podia prever o que aconteceu, muito menos os indivíduos teriam condições de fazê-lo.

Segundo, porque como sabemos o estado da Lousiana é um dos mais pobres dos EUA, e NO é um lugar de muita pobreza. Andaram publicando estatísticas por aí sobre como a população de NO rankeia com o resto do país na posse de veículos próprios, por exemplo _ muito mal. Então, é claro que boa parte da população ficou por não ter como sair _ e isso foi falha do governo, que devia ter providenciado a evacuação da cidade com mais rigor e rapidez, ao invés de acreditar na sorte (contra os próprios prognósticos das agências federais).

No Rio de Janeiro, é comum culpar os favelados por desastres como deslizes de terra nos morros onde vivem. Esquecem-se de dizer que eles vivem lá porque não têm alternativa. Eis aí o mesmo mecanismo em ação, IMHO.

abçs

Paulo said...

Smart,
Bom, sua primeira comparacao eh ilogica. O governo nao sabia que o furacao atingiria o local meses antes. Quando o sinal de "mandatory evacuation" foi dado, obviamente sabiam que vinha problema. Concordo que o governo deveria ter um plano de fuga para ajudar os que nao tem meios.

Mas se vc eh um cidadao e nao sai da cidade quando eh mandado, esta assumindo o risco para si mesmo. Eu disse antes, obviamente muitas pessoas nao sairam porque nao puderam. Esses dois casos que eu postei (se eh que vc leu as reportagens) falam de pessoas que escolheram ficar. Isto eh, poderiam ter saido e ate agora nao sairam.

[ ]s

Paulo said...

E so como adendo, o motivo pelo qual posto essas coisas eh justamente para lembrar que nem tudo eh preto e branco como se assume, Smart.

Logico que numa tragedia como essa ficamos do lado das vitimas, e eh facil ficar jogando toda a culpa no governo. Mas eh sempre bom lembrar que ainda estamos lidando com seres humanos. E esses sao capazes de coisas estupidas, como essas que eu citei, alem de outras como atirar em helicopteros, tentar roubar hospitais de criancas, etc.

Eu gosto de colocar as opinioes pouco divulgadas porque, no fim das contas, odeio esse maniqueismo que segue toda e qualquer acontecimento aonde o culpado eh o tal do governo.

[ ]s

Fernando said...

Colocar uma opinião constrastante é certamente saudável, Paulo. Sempre e quando tenha algum insight que o outro lado não tem. Mas nem todas as criticas sao maniqueistas, assim como nem todas as visões contrárias são razoáveis. O FoxNews não deixa de oferecer opiniões contrastantes (e com sucesso) e ao mesmo é um dos piores e mais tendenciosos canais já produzidos.

O que eu quero dizer é que há sem dúvida espaço para indicar as críticas exageradas, a impossibilidade de ajuda imediata dentro do caos, aqueles que acharam possível ficar na cidade e não sofrer nada, etc. Porém há um limite onde as falhas foram tão gritantes que enfocar a culpa dos outros ou dizer que ninguém sabia (ou todos em NO sabiam, como o Smart indicou) é, no mínimo, repetir a cantinela de um governo que ficou perdido neste desastre todo. E aí a responsabilidade tem que ser aceita, não dá pra transferir.

Por fim, não tenho dúvidas que seu concern sobre as vítimas é sincero. Eu certamente não estou duvidando disso.

[]s

smart shade of blue said...

O problema não é esse.

O problema é saber o que é realmente relevante em um determinado acontecimento.

No meu entender, este seu post em particular se presta a alavancar a opinião de que a culpa pelo que aconteceu é das vítimas. Teimosia e estupidez.

Eu não tenho dúvida que entre as dezenas, centenas de milhares de dramas que se desenrolaram naquela cidade nestes últimos dias, muitos tiveram como causa a teimosia, a estupidez, a ganância, a covardia, ou a pura cobiça.

Só que eu acho que nenhum deles foi o principal fator. Houve um fator maior que favoreceu que todos estes se desenrolassem.

Este foi meu entendimento sobre o que você quis dizer com este post; se não foi isso que você quis dizer, releve.

abçs